UM ANO DE NOVA GESTÃO DA ESCOLA DE MÚSICA VILLA-LOBOS

Nesta quarta-feira, 15 de junho, a Escola de Música Villa-Lobos completou um ano de nova diretoria, e convocou uma reunião geral com professores e servidores para fazer um balanço do que ocorreu neste período de gestão, além de enumerar propostas futuras a serem realizadas.

O diretor Carlos Belém ressaltou de início a tradição da Escola de Música Villa-Lobos:

– Esta é uma escola valorizada por sua tradição em todo Brasil. Não há músico neste país que não conheça a escola. Nosso potencial é imenso – exaltou o diretor.

Belém apresentou dados referentes às ações realizadas em sua gestão. Atualmente estão matriculados na Escola de Música Villa-Lobos 1.932 alunos, sendo 73 no Curso Técnico, 271 no Curso Formação Musical e 1.588 no Curso Básico. Somam-se as matrículas de 126 alunos inscritos nos 11 cursos livres oferecidos neste período.

Com o intuito de expandir o ensino musical para o interior do estado, Belém apresentou números dos Polos Avançados: são 1.448 alunos ao todo, nos municípios de Paracambi, Conceição de Macabu, Miracema e Búzios. O diretor informou também grandes possibilidades de se abrir polos nos municípios de Japeri e Nova Friburgo.

O diretor reverenciou o fato de mais de vinte alunos da Escola de Música Villa-Lobos terem sido aprovados nos mais importantes vestibulares do último ano e nos concursos de orquestras do Rio de Janeiro.

Ele também destacou parcerias com importantes instituições da cena cultural do Rio de Janeiro, como a Sala Cecília Meireles, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a Divisão de Música da Biblioteca Nacional, a Escola de Artes Visuais do Parque Lage, dentre outros, além de projetos parceiros, como o Festival Vale do Café, Festival Villa-Lobos, Prêmio de Música Brasileira e Brasil Vocal.

Na reunião, também houve um balanço do setor de comunicação da escola, com a confecção do Manual do Aluno, além das visualizações dos meios informativos, como site, Facebook, Youtube e Instagram, e também a criação do Boletim Mensal e do projeto “Prata da Casa”, de preservação de memória dos professores.

Por fim, Carlos Belém listou eventos importantes como o FestVilla, o Prata da Casa, a série Tributos, as aulas inaugurais de cada curso, a vitória do Coro Juvenil no Brasil Vocal 2015, e a participação do Grupo Jazz Total, da Fina Batucada e do grupo infantil de Oficina de Cordas na produção da versão brasileira do Hino da Liga dos Campeões, ocorrida por convite do Canal Esporte Interativo.

Após um ano de gestão que trouxe novos ares e muitas realizações para a Escola de Música Villa-Lobos, este segundo semestre de 2016 ainda reserva muitas novas atrações, como a apresentação de fim de ano na Sala Cecília Meireles, a 54º edição do Festival Villa-Lobos e a final do FestVilla no Teatro João Caetano.