Tom da Escola: Parceria da Escola de Música Villa-Lobos e Instituto Antônio Carlos Jobim é anunciada em homenagem aos 90 anos do maestro

WhatsApp Image 2017-03-30 at 19.35.24 (1)

Na noite de quinta-feira (30/03), a Escola de Música Villa-Lobos, um espaço da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro / FUNARJ, ganhou destaque na homenagem dedicada ao maestro Tom Jobim no evento “Mar de Culturas”, realizado pela Rede Globo no Quiosque Da Globo – Copacabana, situado na Praia de Copacabana.

O evento foi mediado pelo jornalista Chico Pinheiro e contou com a presença do diretor Carlos Belém, o filho do Paulo Jobim, a cantora portuguesa Carminho, e a violonista Antonia C. Adnet, o baterista Paulo Braga, Rodrigo Villa e Nathan Ventura, ex-aluno do Curso Formação Musical. Também participaram da mesa de debate o diretor da Pronto RJ, Bruno Tenório, e d pesquisador, crítico e curador do MIS / Museu da Imagem e do Som, Hugo Sukman.

Convidado para anunciar junto a Paulo Jobim, presidente do Instituto Antônio Carlos Jobim, Carlos Belém falou sobre o projeto “Tom da Escola”, parceria da EMVL com o IACJ que visa levar a musicalização de 300 crianças de 6 a 12 anos de áreas de vulnerabilidade social do Rio e Janeiro.

– A missão da Escola de Música Villa-Lobos é propiciar o acesso ao ensino da música a todas as camadas sociais – explicou Carlos Belém, que enfatizou o fato da escola ser uma instituição vinculada a Secretaria de Estado de Cultura/FUNARJ – nossa obrigação é atender ao público, pois somos uma escola pública.

Os primeiros polos a serem desenvolvidos serão nos bairros da Mangueira, em parceria com o Grêmio Recreativo Escola de Samba Estação Primeira da Mangueira, e de Costa Barros, junto à ONG Recriando Raízes e o Consulado da Suíça no Rio de Janeiro. O projeto também objetiva a seleção e qualificação de profissionais do ensino.

Participam também desta parceria, com apoio institucional, o Instituto Europeu de Design e a Rede Globo. “Tom da Escola” tem como embaixadores os músicos Edu Lobo, Adriana Calcanhoto, Chico Buarque, Marisa Monte, Carminho, Milton Nascimento, Marc Sway, Rogério Flausino, Gilberto Gil, Samuel Rosa e Caetano Veloso.

“Mar de Culturas”

O encontro, ocorrido no Quiosque da Globo, situado em pleno calçadão da Praia de Copacabana, foi aberto ao público, que pôde ver o desempenho dos músicos e o brilho do som puro da flauta de Nathan Ventura, durante anos pupilo do professor da Escola de Música Villa-Lobos, PC Castilho. O mediador Chico Pinheiro elogiou o ex-aluno, aconselhando-o para que não perca a humildade:

– Você já é um grande músico, mas não pode ficar mascarado – elogiou o jornalista, ressalvando em tom de brincadeira o músico, que tem apenas 15 anos e surpreendeu o público, arrancando aplausos de todos.

– Temos a certeza de que há muitos talentos como o Nathan nas comunidades cariocas, aguardando uma oportunidade como essa que estamos propiciando com esta parceria – disse Carlos Belém, ressaltando que são infinitas as afinidades estéticas e ideológicas entre Villa-Lobos e Tom Jobim, como a musicalização da população.