PRATA DA CASA: EX-ALUNOS, HOJE NOVOS TALENTOS DO VIOLÃO, NO AUDITÓRIO GUERRA-PEIXE

A partir do dia 09 de setembro (sexta-feira), sempre às 17 horas, a Escola de Música Villa-Lobos recebe um timaço de novos violonistas para recitais no Auditório Guerra-Peixe: Max Riccio, Pablo Villafuerte, Pedro Bicaco, Marcos  Brito e Vicente Miranda. É mais uma edição do Prata da Casa, evento que valoriza professores, alunos e ex-alunos da Escola de Música Villa-Lobos. As apresentações são semanais, com um violonista por sexta. A entrada é franca.

Todos os músicos foram alunos do Curso Básico da  Escola de Música Villa-Lobos, tendo aulas com o professor Antônio Guapiassu. O repertório das apresentações são repletas de obras do violão erudito, como peças de Heitor Villa-Lobos, Leo Brower e Andres Segóvia, dentre outros.

Confira a programação, o repertório e um pouco mais de cada músico:

1 - MAX RICCIO - 09 de setembro09 de setembro
Max Riccio

Natural de Natal (RN), é bacharel em violão pela UFRJ e atualmente é mestrando pela UNIRIO. Após os  estudos na Escola de Música Villa-Lobos com Antônio Guapiassu, seguiu sendo orientado por Alexandre  Atmarama, Luis Carlos Barbieri, Paulo Pedrassoli e Vicente Paschoal. Participou como intérprete em masterclasses com Maestro Leo Brouwer (Cuba), Sergio Assad (Brasil/EUA), Ana Vidovic (Croácia/EUA), Pablo Márquez (Argentina/Suíça), José Antonio Escobar (Chile), entre outros. As apresentações trazem em seu currículo destaques como IV Festival Internacional de Violão da UFRN, gravações de músicas inéditas de
Quicas Laranjeiras no Programa Violões em Foco da Radio MEC FM e participação na trilha sonora de novelas da Rede Globo, tais como O Astro (Remake 2011) e Gabriela (Remake 2012), tocando alaúde árabe. No ano de 2015, iniciou suas atividades com o duo The Biedermeiers junto com o flautista Rubens Küffer, com o qual teve sua estréia no I Festival Internacional de Cordofones da UFRJ.

Programa:

Fernando Sor (1778-1839)
– Variações Sobre um Tema da Flauta Mágica de Mozart (Opus 9)

Quincas Laranjeiras (Joaquim Francisco dos Santos – 1873-1935)
– Preludio em Ré menor
– Valsa
– Dores D’Alma

Augustin Barrios (1885-1944)
– Uma Limosna por el Amor de Dios (Último Tremulo)

Alexandre Tansman (1897-1986)
– Cavatina
I. Preludio
II. Sarabanda
III. Scherzino
IV. Barcarola
– Danza Pomposa

Leo Brouwer (1939)
– Elogio de La Danza
I. Lento
II. Obstinato

 

2 - PABLO VILLAFUERTE - 16 de setembro16 de setembro
Pablo Villafuerte

Pablo Villafuerte começou seus estudos musicais na Escola de Música Villa-Lobos também sob a orientação do professor Antonio Guapiassu. Ingressou no bacharelado em Música da UFRJ onde estudou com os professores Humberto Amorim e Cyro Delvizio. Desde então, vem participando de festivais e masterclasses com músicos renomados, como Fabio Zanon, Ana Vidovic, Eduardo Fernandez, Eduardo Isaac, Jonathan Leathwood, Aniello Desiderio, Zoran Dukic e Leo Brouwer. Em 2015, foi aceito no programa de mestrado da Hochschule für Musik und Theater, em Hamburgo, na Alemanha, onde vive atualmente e estuda com o professor Olaf van Gonissen, além de formar, junto com a flautista romena Ingrid Budău, o duo Brincănduo, que foi contemplado com o apoio da associação Live Music Now e vem dando concertos regularmente pela Alemanha. Foi o primeiro lugar no Concurso Internacional Souza Lima; segundo lugar no Concurso Musicalis; e terceiro lugar no Concurso FITO, todos realizados em São Paulo em 2013.

Programa:

Heitor Villa-Lobos
– Estudo nº8

J.S. Bach
– E dur Suite (BWV1006):
Prélude
Gavotte en Rondeau
Menuett I– Menuett II
Bourrée
Gigue

Joaquin Turina
– Homenaje a Tarrega:
– Garrotin
– Soleare

 

3 - PEDRO BICACO - 23 de setembro23 de setembro
Pedro Bicaco

Natural do Rio de Janeiro, Pedro Bicaco teve seu primeiro contato com a música profissional por meio da produção e gravação musical. Posteriormente, veio a se interessar pelo violão, e em 2010 entrou para a Escola de Música Villa-Lobos, no curso básico, onde estudou violão com Antônio Guapiassu por um ano, até entrar para a Universidade Federal do Rio do Janeiro (UFRJ) no curso de Bacharelado em Música-Violão onde estudou com Léo Soares, Armildo Uzeda, Paulo Pedrassoli, Cyro Delvizio e Celso Ramalho entre outros. Participou de master-class com Mario Ulloa (Costa Rica). Em 2012, foi finalista da X seleção de novos talentos da Associação de Violões do Rio de Janeiro (AV-Rio). Atualmente é professor de música e cursa a Pós-Graduação em Musicoterapia no Conservatório Brasileiro de Música.

Programa:

H. Villa Lobos – Prelúdios 2 e 5

Antonio Lauro – Valsas Venezuelanas

Nonato Luiz
– Micheline
– Allegro Concertante
– Um Dia, Um Sonho
– Viola Violada

Agustín Barrios – Danza Paraguaya

Leo Brouwer – Danza Caracteristica

 

4 - MARCOS BRITO - 30 de setembro30 de setembro
Marcos Brito

Marcos Brito fez o curso básico da Escola de Música Villa Lobos de 2010 a 2012, neste período, foi aluno de violão do professor Antonio Guapiassu. Participou do Festival Vale do Café como aluno e monitor de Turíbio Santos e realizou uma série de recitais na Biblioteca Nacional, Real Gabinete Português de Leitura e Centro Cultural Justiça Federal pelo projeto Música no Museu. Desde 2013 estuda violão na UNIRIO. Atualmente é aluno de Maria Haro.

Programa:

J. S. Bach
– Sonata BWV 1034
– Adagio

Agustín Barrios
– La Catedral
– I Preludio saudade
– II Andante religioso
– III Allegro solemne

Dilermano Reis – Se Ela Perguntar

Radamés Gnatalli
– Brasiliana 13
– Samba Bossa Nova
– Valsa
– Choro

Egberto Gismonti
– Água e Vinho (arr. Daniel Wolff)
– Loro (arr. Daniel Wolff)

Edu Lobo e Chico Buarque
– Beatriz (arr. Marco Pereira)

Marco Pereira
– Choro de Juliana

Antonio Lauro
– Seis por Derecho

 

 

5 - VICENTE MIRANDA - 07 de outubro07 de outubro
Vicente Miranda

Vicente Miranda tem 22 anos e começou a estudar violão aos 13 anos em 2007, no ano seguinte entrou para Escola de musica Villa-Lobos, onde estudou nos anos de 2008 e 2009 violão com o professor Antônio Guapiassu, com quem fez aulas particulares até o final de 2014. Atualmente está cursando o bacharelado em violão onde tem aulas com Humberto Amorim. Participou durante os anos de 2013 e 2014 do Musica no Museu tendo realizado concertos em diversas salas do Rio de Janeiro. Participou de festivais como o Festival Internacional de Violão da UFRJ, e do I Festival Internacional de Cordofones da UFRJ. Atualmente vem trabalhando com seu trio, Trio Shambala, onde toca violão e bandolim, e vem realizando projetos com violão e outras formações.

Programa:

Sylvius Leopold Weiss – Suite em Mi Menor

Agustin Barrios:
– La Catedral:
Andante Religioso
Allegro Solemne  

Maximo Diego Pujol – Septiembre

Heitor Villa-Lobos – Estudos 7, 8 e 10

Francisco Tarrega – Recuerdos de la Alhambra

Isaac Albéniz Transc. Segovia* – Asturias

Carlo Domeniconi – Koyunbaba

* Revisão da transcrição por Vicente Miranda