Nova Música – Anelis Assumpção

A cantora, compositora e percussionista paulista Anelis Assumpção iniciou sua carreira aos 18 anos no grupo de coristas de seu pai, Itamar Assumpção, um dos principais integrantes da chamada Vanguarda Paulista, movimento que teve grande importância na cena musical de São Paulo, se caracterizava por ser totalmente independente numa época em que as gravadoras ditavam as regras no mercado fonográfico nacional. Em 2001 ela forma o grupo feminino DonaZica e mais tarde ela participaria de um outro trio, Negresko Sis.

Mas foi só em 2011 que Anelis parte para a carreira solo e gera o audacioso “Sou Suspeita Estou Sujeita Não Sou Santa” . O álbum abre os caminhos com música de seu pai Itamar, sampleada pelo próprio e segue malemolente e elegante, cheio de balanço, de samba, reggae e hip hop, além da forte presença da sua principal influência, a vanguarda paulistana. Mas “Sou suspeita” seria só o começo.

Anelis Assumpção por RENATO STOCKLER

Três anos depois – de muito mais estrada e maturidade – Anelis vem com o segundo disco. Produzido pela própria em parceria com Bruno Buarque, Cris Scabello , Mau e Zé Nigro , o seu segundo álbum “Anelis e os Amigos Imaginários”  nos proporciona um passeio pelo que acontece no cenário musical paulista, como o rap, a música caribenha , o rock feminino,o afrobeat e o dub que se afirmam ainda mais do que no primeiro álbum, tudo com muita elegância e graça. O álbum ganha unidade tanto num tema recorrente nas letras – o tempo – quanto na coerência da voz de Anelis.

Nesse trabalho eclético e sensual aos ouvidos onde Anelis nos convida logo de cara a jogar conversa dentro na gostosinha “Cê tá com tempo?” e em seguida já diz tudo que gosta e o que não gosta em “Eu gosto assim”, convidando o ouvinte a entrar no mundo de Anelis e no universo desse álbum que firma sua carreira solo e seu estilo autoral.

Como ressalta apropriadamente a colega Tulipa Ruiz no texto que escreveu para apresentar o CD, Amigos imaginários é um disco de bando que tem um som de banda, formada pelos produtores do álbum com a adesão de Edy Trombone e de músicos eventuais que tocam em uma ou outra faixa.

Cê tá com tempo pra ouvir?

Site oficial

Compras

Ouça: