Escola de Música Villa-Lobos recebe representantes de seus Núcleos Avançados

Na quarta-feira, 26 de agosto, a Escola de Música Villa-Lobos – um dos espaços da Secretaria de Estado de Cultura – recebeu os representantes de seus Núcleos Avançados, localizados nos municípios de Miracema, Armação dos Búzios, Conceição de Macabu e Paracambi. A reunião serviu para a apresentação da nova Direção da Escola, tendo à frente o diretor Carlos Belém, além de debater formas de melhor integração entre a sede e suas filiais.

Os representantes dos Núcleos apresentaram indicadores da quantidade de alunos inscritos nos cursos. Hoje, o Núcleo Avançado de Paracambi possui um corpo discente de 650 alunos. Miracema conta com 259 alunos. Já Conceição de Macabu e Armação dos Búzios possuem cerca de 200 alunos cada. No total, estudam nos Núcleos Avançados da Escola de Música Villa-Lobos mais de 1.300 alunos.

Não apenas os alunos são beneficiados com a presença da Escola nesses municípios. Os Núcleos Avançados também proporcionam uma oferta cultural de qualidade para a população. Para citar como exemplo, no início do mês de agosto, o Núcleo Avançado de Armação dos Búzios realizou a Semana Villa-Lobos e convidou a Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica como atração principal. A orquestra ofereceu workshops abertos ao público com a participação dos alunos. Já o Núcleo Paracambi se organiza para receber o lançamento do CD de violão erudito do violonista Lucas Félix no início de setembro.

A atuação dos Núcleos também gera motivos de orgulho para a Escola de Música Villa-Lobos. Muitos alunos já estão atuando em diversas áreas, lecionando música, integrando conjuntos musicais ou se graduando na área: “Temos professores, o Tales Melo, professor de piano do Núcleo Paracambi, pianista acompanhador no curso de ballet do Theatro Municipal e aluno do bacharelado em piano na UFRJ, Rafael Adelino, professor de guitarra e contrabaixo também no Núcleo Paracambi, Guilherme Gonçalves, professor de Canto no Núcleo Paracambi, aluno do bacharelado em Canto na UFRJ e integrante do Brasil Ensemble – UFRJ, Celio Junior, professor de saxofone e ex-aluno do Curso Técnico da Escola no Rio, Flavio Melo, integrante do conjunto vocal Calíope”, diz Gláucia Virgínia Melo, coordenadora do Núcleo Paracambi.

A coordenadora do Núcleo de Conceição de Macabu, Michele Araújo Pereira, lista os benefícios e transformações que a escola proporciona ao município: “Somos um polo propagador de cultura numa área tão carente de espaços culturais e de escolas de música. Dar oportunidade às pessoas de poder se expressar através da música, vislumbrar uma carreira musical na área da licenciatura, performance musical ou até mesmo como uma forma de terapia, é a base da nossa instituição”, explica a coordenadora.