Coro Juvenil ganha primeiro lugar no Festival Brasil Vocal 2015

Foi um domingo iluminado para o Coro Juvenil da Escola de Música Villa-Lobos, um espaço da Secretaria de Estado de Cultura. Finalista da 5ª edição do Brasil Vocal 2015, na categoria Grupos Vocais – Coral Juvenil, ocorrido no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB-RJ), o grupo de jovens alunos regido pelo professor Leandro Gregório foi laureado com o primeiro lugar em disputa com outros grupos de coros juvenis de todo país.
“Os meninos não chegaram achando que iriam ganhar. Foi um presente, um reconhecimento”, afirma o professor, regente e diretor musical Leandro Gregório.
Composto por 19 jovens entre 12 e 21 anos, o Coro Juvenil da Escola de Música Villa-Lobos emplacou um repertório composto pelas obras “Eu sei que vou te amar” (de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, com arranjo de Daniel Rufino), “Aonde quer que eu vá” (de Herbet Vianna, com arranjo de Patrícia Costa), e “Berimbau” (de Baden Powell e Vinícius de Moraes, com arranjos de Leandro Gregório e Hélida Lisboa).
Desde sua formação em 2012, o Coro Juvenil vem ganhando destaque entre os grupos representativos da Escola de Música Villa-Lobos. A conquista do concurso de Grupos Vocais – Coral Juvenil da 5º edição do Festival Brasil Vocal representou a coroação de um trabalho constante, desde o ingresso de cada aluno do grupo na escola até as apresentações gratuitas em diversos espaços da cidade, como o Espaço Tom Jobim, a Biblioteca Parque Estadual e o Teatro Gláucio Gill:
“Desde o início do processo, gravação para a inscrição, até o momento do palco, minha preocupação sempre foi de mostrar o trabalho da maneira mais justa e honesta. Não estávamos preocupados em vencer, mas de fazer o melhor. Conseguimos! Estar num concurso nacional pela primeira vez, pôde nos mostrar o quanto as nossas apresentações contribuíram para o nosso resultado. A sensação de premiação, da vitória é maravilhosa, mas a certificação de um trabalho correto, no caminho certo, fazendo aquilo que  é o nosso melhor, é recompensador, pra mim e pra eles”, afirma, orgulhoso, o professor Leandro Gregório.
O juri que deu o primeiro lugar por unanimidade ao Coro Juvenil é composto por nomes de notoriedade no campo musical: os maestros Carlos Alberto Figueiredo e Julio Moretzsohn, o preparador vocal Marcelo Rodolfo, o arranjador, cantor e regente, André Protasio, além de Flávio Mendes e Diogo Rebel, arranjadores, compositores e regentes.
Na ordem de colocação, os três primeiros lugares foram Coro Juvenil da Escola de Música Villa-Lobos, seguido pelo Coro da Escola de Música da Rocinha e, por fim, o Coro Nova Sinfonia, da ONG Agência do Bem.
Além do prêmio de R$ 5 mil, o Coro Juvenil recebeu o troféu entregue pelas mão do maestro Carlos Alberto Figueiredo, e estará inserido da programação de 2016 do CCBB-RJ.
Parabéns aos alunos!
Caio Lima, cantor e pianista
Moara Abbayoni, cantora
Luiza Lunardi, cantora
Davi Costa, cantor
Aline Fedorowicz, cantora
Igor Esteves, cantor
Ana Carolina, cantora
Tainá Carvalho, cantora
João Barbosa, cantor
Sarah Sousa, cantora
Gabriel Ramos, cantor e violonista
Renata Villon, cantora
Pedro Paulo Paranhos, cantor
Nila Clara Férnandez, cantora
Giullianna Borges, cantora
Aline Alvarenga, cantora
Matheus Victor Silva, cantor
Gabriela Maciel, cantora
Fernando Ribeiro, cantor
Agradecimentos especiais ao aluno Nathan Ventura, na flauta, aos professores Mestre Riko, na percussão, ao aluno Átila Soares, com uma performance de capoeira durante a execução de “Berimbau”, e Hélida Lisboa, professora de canto responsável pela preparação vocal do grupo. O Festival Brasil Vocal é um projeto patrocinado pelo Banco do Brasil e pelo Ministério da Cultura, através da Lei Federal de Incentivo a Cultura.