Ao Mestre Rycardo Lobo, com carinho

No dia 09 de novembro, às 18h30, a Escola de Música Villa-Lobos abriu as portas do Auditório Guerra-Peixe para o início da Série Tributos, que homenageou um dos grandes professores que compuseram seu corpo docente, o Maestro Rycardo Lobo.

Tudo começou quando seu ex-aluno, hoje baterista profissional, Helbe Machado, abordou o diretor da escola, Carlos Belém, para propor que se relembrasse do ilustre maestro e de sua Orquestra Popular. Ele reuniu outros ex-alunos, todos músicos profissionais, Vinícius Veloso e Rodrigo Ferreira nos contrabaixos elétricos, Cadu Barcelos no piano, Anderson Azevedo, Wagner Malaquias nos saxofones, Marcão, Vagner e Pablo Beato no trombone, Moisés e Tatagiba no trompete. Juntou-se também o professor de sopro, Luís Medina. Os ensaios foram semanais, e a expectativa de um grande espetáculo crescia a cada dia, o que encheria de orgulho o professor.

“Era de seu costume colocar todos os alunos para tocar juntos, daí surgiu a ideia da Orquestra”, diz o professor de saxofone e harmonia, Luís Medina.

Na homenagem, participaram ainda os professores Marcelo Cebola nas guitarras, Eugenio Ranevsky na flauta e Mestre Riko na percussão. A sonorização ficou a carga do professor Alexandre Freitas. O resultado foi emocionante.

“Nós estávamos desde o início quando o Rycardo montou a Orquestra Popular com os alunos. A orquestra foi crescentando tanto, foi evoluindo, muitos alunos se destacaram por estarem mais adiantados. Foi até formado uma segunda orquestra para a criação dos arranjos do professor. Aprendemos muito nessa parte autoral, fizemos muita coisa boa”, diz Anderson Azevedo, saxofonista da Banda da Guarda Municipal de Itaboraí O músico é formado no Curso Técnico em 2002 e foi integrante da Orquestra até 2005.

Mineiro de Belo Horizonte, o professor Rycardo Lobo cresceu em terras cariocas, onde estudou Piano e Teoria Musical no Conservatório Brasileiro de Música. Formou-se em Arquitetura em São Paulo, mas não abandonou os estudos de música. Tornou-se profesor da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, da Faculdade de Artes Alcântara Machado e do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, em Tatuí (SP).

Atingiu o ápice de sua formação ao concluir os estudos de arranjo e composição na Berklee College of Music, em Boston, Estados Unidos. É também mestre em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

“O professor Rycardo Lobo teve uma importância fundamental por agregar muitos professores e alunos da escola”, diz o diretor da Escola de Música Villa-Lobos, Carlos Belém.

Rycardo Lobo faleceu de complicações decorrentes de um câncer em 2011, aos 63 anos.