O Curso Formação Musical é um curso gratuito destinado ao desenvolvimento do conhecimento e competência técnica do instrumento musical por meio de atividades variadas que visam à formação global em nível elementar.

É formado por dois módulos que oferecem um conteúdo programático composto de disciplinas práticas e teóricas que, juntas, darão solidez a formação integral do aluno. As disciplinas práticas serão oferecidas de duas maneiras: através das aulas do instrumento escolhido realizadas individualmente e/ou em grupos, seguindo critérios específicos, e através das Práticas de Conjunto, nas quais o aluno terá oportunidade de aprimorar a prática do repertório.

Todas as disciplinas do Curso Formação Musical são cumpridas em regime sequencial, sendo obrigatório ao aluno estar matriculado em todas as disciplinas do ano e cumprir a carga horária semanal do período do curso.

  • MÓDULO 1

Disciplinas oferecidas:

  • Introdução à Teoria e Percepção (ITP) – 2º e 3º ano
  • Instrumento em classe (FMFD)- 1º ano
  • Instrumento 1 e 2 (FMXX) – 1º ano
  • Voz e percepção (FMVP) – 1º ano
  • Canto coral infantil (PCCC) – 2º e 3º ano

Observação: O “X” será substituído pelo código do instrumento, por exemplo: violino =  F1VN (Violino 1)

Duração: 3 anos.

Público Alvo: Crianças com idade mínima de 8 e máxima de 12 anos (idade de ingresso).

Ingresso: Inscrição e Sorteio Público para candidatos sem conhecimento musical.

MÓDULO 1 EIXO DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA SEMANAL CARGA HORÁRIA TOTAL
1º Ano
Prática Instrumental Instrumento em classe (flauta doce) 1h 32
Música de Conjunto Voz e Percepção 1h 32
Total 1º ano 2 h 64 h
2º Ano Teórico Perceptivo Introdução à Teoria e Percepção 1 1h30 48
Prática Instrumental Instrumento 1. Observação: Aula em grupo de três alunos com duração de uma hora ou, aula individual de meia hora. Dependerá da proposta pedagógica a ser desenvolvida. Esta divisão fica a cargo da Equipe Pedagógica. 1h 32
Música de Conjunto Canto Coral Infantil 1h 32
  Total 2º ano 3 h 30 112 h
3º Ano Teórico Perceptivo Introdução à Teoria e Percepção 2 1h30 48
Prática Instrumental Instrumento 2. Observação: Aula em grupo de três alunos com duração de uma hora ou, aula individual de meia hora. Dependerá da proposta pedagógica a ser desenvolvida. Esta divisão fica a cargo da Equipe Pedagógica. 1h 32
Música de Conjunto Canto Coral Infantil 1h 32
  Total 3º ano 3 h 30 112 h
  TOTAL GERAL   288 h

 

  • MÓDULO 2

Disciplinas oferecidas:

  • Linguagem Musical (LIM1 e LIM2) – 1º e 2º ano
  • Instrumento 1, 2 e 3 (FMXX)
  • Prática Vocal/Instrumental 1, 2 e 3 (PCVO/PCXX)

Observação: O “X” será substituído pelo código do instrumento, por exemplo: violino =  F1VN (Violino 1)

Duração: 3 anos

Público Alvo: Crianças com idade mínima de 12 (doze) e máxima de 15 (quinze) anos (Idade para ingresso)

Ingresso: Inscrição e Prova de admissão e classificação respeitando os limites de idade.

MÓDULO 2 EIXO DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA SEMANAL CARGA HORÁRIA TOTAL
1º Ano Teórico Perceptivo Linguagem Musical 1 1h30 48
Prática Instrumental Instrumento 1. Observação: Esta carga horária poderá ser aumentada dependendo da quantidade de alunos no grupo e das necessidades específicas dos instrumentos do conjunto. 30 min 16
Música de Conjunto Prática Vocal 1 ou Instrumental 1* 1h 32
Total 1º ano 3 h 96
2º Ano Teórico Perceptivo Linguagem Musical 2 1h30 48
Prática Instrumental Instrumento 2 30 min 16
Música de Conjunto Prática Vocal 2 ou Instrumental 2* 1h 32
  Total 2º ano 3 h 96
3º Ano
Prática Instrumental Instrumento 3 30 m 16
Música de Conjunto Prática Vocal 3 ou Instrumental 3.* 1h 32
  Total 3º ano 2 h 64 h
  Total Geral   256 h

* Esta carga horária poderá ser aumentada dependendo da quantidade de alunos no grupo e das necessidades específicas dos instrumentos do conjunto.

  • DISCIPLINAS:

As disciplinas que compõem a grade curricular do Curso Formação Musical dividem-se em três eixos: Teórico Perceptivo, Prática Instrumental e Prática de Conjunto.

  • Teórico Perceptivo:

ITP- Introdução a Teoria e Perceção

Desenvolvimentos das habilidades relativas ao uso da voz e do corpo em atividades de apreciação, execução e criação musical.

Observações: ITP – Disciplina realizada em 3 (três) períodos anuais (ITP1, ITP2 e ITP3) em regime seqüencial (sistema de pré-requisitos).

LIM – Linguagem Musical

Desenvolvimento da percepção dos elementos do discurso musical e suas inter-relações.

LIM – Disciplina realizada em 3 (três) períodos anuais (LIM1, LIM 2 e LIM 3) em regime sequencial (sistema de pré-requisitos).

  • Prática Instrumental/Vocal:

FMFD e FMXX* – Instrumento/ Canto

Desenvolvimentodo processo de musicalização, possibilitando a compreensão e assimilação dos elementos estruturais da música a partir do aprendizado do instrumento integrado com as demais disciplinas do curso.

Obs.: Disciplina realizada em 3 períodos anuais  em cada módulo.

*FMFD: FM = Formação Musical; FD = Flauta Doce; FMXX = o X será substituído pelo código do instrumento (por exemplo: FMVN = Violino).

  • Música de Conjunto:

PCCC e PCXX* – Prática de Conjunto

Desenvolvimento de competências para a interpretação de repertório variadopara diferentes conjuntos instrumentais e/ou vocais, adequado a cada grupo, visando interpretação musical coerente com a formação de nível básico.

Observações: Disciplina realizada em 3 períodos anuais por módulo. As práticas de conjunto são organizadas por grupos de instrumentos: cordas friccionadas, cordas dedilhadas, sopros, teclas e canto.

Obs.:1 – Esta carga horária poderá ser aumentada dependendo da quantidade de alunos no grupo  e das necessidades específicas dos instrumentos do conjunto.

*PCCC: PC – Prática de Conjunto, CC= Canto Coral / PCXX: XX = o X será substituído pelo código do grupo instrumentalà PCSO– Prática de Conjunto de Sopros

 

  • ACOMPANHAMENTO DA FREQUÊNCIA, DO DESEMPENHO E DA PROGRESSÃO DO ALUNO

 Controle de frequência

A presença e ausência dos alunos às atividades escolares serão registradas pelos professores em diário de classe.

  1. o aluno menor de 14 anos que faltar a aula deverá trazer, na aula seguinte, uma justificativa da falta expressa na agenda, o que não representará abono da mesma;
  2. é obrigatória a frequência às aulas, com necessidade do mínimo de assiduidade correspondente a 75% (setenta e cinco por cento) do total de aulas dadas;
  3. o aluno com 4 (quatro) faltas consecutivas em qualquer disciplina oferecida pela EMVL e que não apresentar justificativa para as faltas, mediante documentação entregue para análise da Coordenação Pedagógica, perderá automaticamente o direito da vaga no curso;
  4. não há abono de faltas, exceção dada a: convocação para serviços obrigatórios por lei; falecimento de familiares próximos ( filho, cônjuge, pais e irmãos) até 3 (três) dias corridos. Qualquer outra solicitação de eventual abono de faltas às aulas dependerá da justificativa documentada por parte do aluno ou responsável legal, cuja aceitação ficará exclusivamente a critério da Coordenação. O abono só ocorrerá mediante apresentação do comprovante até 10 dias úteis a partir do ocorrido; e
  5. atrasos acima de um terço da duração da aula serão registrados na Ficha de Frequência. No fechamento do bimestre, cada três atrasos, na respectiva aula, será computado como um falta. A saber:
    – aulas de 30 min : 10 min
    - aulas de 60 min (1h): 20 min
    - aulas de 90 min (1h30): 30min
    - aulas de 120 min (2h): 40 min

 Avaliação de desempenho

A avaliação tem caráter formativo e configura-se no processo global cumulativo, constante e contínuo de acompanhamento do aluno, considerando aspectos qualitativos e quantitativos.

São objetivos das avaliações dos alunos:

  1. Acompanhar e verificar seu desempenho e a aprendizagem;
  2. Verificar se está se apropriando de forma significativa e contínua dos conhecimentos; e
  3. Detectar, analisar e corrigir possíveis defasagens de aprendizado.

São instrumentos de avaliação:

  1. todo trabalho realizado com o aluno durante as aulas;
  2. participação em sala de aula;
  3. provas, trabalhos de pesquisa, exercícios práticos e/ou teóricos, individuais ou em grupo, entre outros que possam avaliar os conteúdos e habilidades; e
  4. audições e bancas de avaliação de instrumento, individual e/ou em grupo.

A frequência do aluno também será considerada um critério de avaliação.
O ano letivo será dividido em quatro períodos (bimestres), com nota obtida numa escala de 0 a 10.

Segunda Chamada

O aluno que faltar a uma das avaliações poderá recorrer à segunda chamada, por motivo de enfermidade ou atividade escolar obrigatória, dentro do prazo estipulado no calendário vigente, mediante requerimento feito pelo aluno ou responsável à Coordenação do Curso. Este requerimento só é validado com apresentação de atestado médico ou declaração escolar. A prova de segunda chamada será realizada num dia diferente do dia de aula regular do aluno. A data da prova será sempre divulgada no calendário.

Revisão de provas e frequência

É de competência das Coordenações Pedagógicas providenciar as revisões de avaliações ou de frequência, desde que sejam requeridas pelo aluno ou Responsável Legal dentro do prazo estabelecido no calendário escolar.

Trancamento de Matrícula

Não há trancamento de matrícula, exceção dada a: convocação para cumprimento de serviços obrigatórios por lei e a licença médica com justificação documentada por parte do aluno ou responsável legal, cuja aceitação ficará a critério da Coordenação.

Critérios para Mudança nos Módulos

Aprovação no módulo anterior.

Para que o aluno obtenha aprovação deve somar, ao final dos quatro períodos (bimestres), um mínimo de 24 pontos, com frequência igual ou superior a 75% do total do número de aulas dadas.

Término do Módulo

Ao término de cada módulo, aos alunos aprovados será conferido Certificado de Conclusão do Módulo.

Reprovação

O aluno poderá ser reprovado por média uma vez a cada módulo. Caso o aluno seja reprovado a reposição dessa disciplina será feita no ano seguinte, observando as regras de trancamento, ao contrário, o aluno perde a vaga.

O aluno reprovado por falta (observar o item controle de frequência) perderá a vaga no curso.