031Estão abertas as inscrições para mais uma edição do Curso Especial de Rabeca, da Escola de Música Villa-Lobos.

A rabeca é um instrumento de arco da família do violino, que lembra os violinos medievais  anteriores a este que conhecemos e existe em diversas regiões do Brasil. A rabeca assim como a Viola, o pífano e a sanfona de 8 baixos são profundamente ligados as festas populares das regiões em que são produzidas . As folias de reis em Minas Gerais e no sudeste, os fandangos no Paraná e em todo o litoral sul, os Cavalos- Marinhos, Reisados e Forrós em Pernambuco, Ceará, Paraíba e vários pontos do nordeste, e também as Rabecas-Violino do Pará com as marujadas de Bragança, são algumas das tradições que se mantém anos e anos  devido a força da cultura e crença de cada um desses povos.
A rabeca brasileira viveu à margem do mundo musical oficial por muito tempo. Os últimos anos, principalmente com o movimento mangue beat nos anos 90, provocaram um forte impulso no interesse pela rabeca que antes era vista como um instrumento de incompletude e atraso comparando-a com o violino e a cultura erudita. Músicos e bandas como Mestre Ambrósio, Forró sacana, Cordestinos, Quarteto Olinda, José eduardo Gramani, Beto Lemos, Filpo ribeiro mostraram e ainda mostram que a rabeca tem muito a falar, e pode usar da sua própria lingua para contar uma história atual e ancestral da música.

Objetivo Geral:
O Curso de Rabeca irá apresentar ao aluno as diversas técnicas do instrumento (solo e acompanhador), bem como um histórico sobre sua origem, evolução e utilização nos dias de hoje.

Objetivos Específicos :
– Conhecer a anatomia da rabeca;
– conhecer diferentes afinações da rabeca e o contexto das tradições em que são usados ;
– conhecer e experimentar o arco e algumas técnicas de interpretação;
– conhecer as várias formas de postura da rabeca e do posicionamento do arco
– conhecer e experimentar levadas rítmicas de arco (acompanhamento), fórmulas de arpejo
(dedilhados) ;
– conhecer e experimentar escalas maiores;
– conhecer e experimentar escalas menores;
– executar escalas maiores e menores em 2 oitavas
– experimentar outras afinações
– conhecer as origens e grandes nomes da história recente da rabeca;
– aprender os idiomatismos dos estilos tradicionais da rabeca
– tocar em conjunto repertório de três obras musicais
– interpretação rítmica nas melodias de forró e choro
– ideias de acompanhamento, pequenos acordes
– bicordes maiores
– bicordes menores

 

Pré-requisitos
Caso os alunos não possuam rabeca disponibilizarei 5 de minhas rabecas para uso dentro de sala de aula para o aluno se familiarizar com o instrumento,também, posso oferecer contatos de luthiers e artesãos que recebem encomendas de envio. O aluno que já possui uma rabeca,  favor levar para aula e o professor fará uma avaliação do instrumento. Caso o numero de rabecas extras já tenha sido preenchido e o aluno não tiver o instrumento, o aluno pode praticar em um violino da escola utilizando as técnicas de rabeca.

 

Período

De 05 a 26 de outubro

Turma 1: Quartas-feiras, das 19h às 21h
Turma 2: Quintas-feiras, das 17h às 19h

Valor por aluno: R$ 350,00

(consulte condições de pagamento na Secretaria do Curso Básico)

Número mínimo de alunos para abertura da turma: 5

 

Procedimentos:

O aluno deve ir diretamente na Secretaria do Curso Básico com os seguintes documentos:
1 cópia do RG
Duas fotos 3×4
1 cópia do comprovante de residência

 

Professor:
Rodrigo Bis – Músico, professor e pesquisador. Toca Rabecas, Bandolim, Viola Caipira e Violão. Integrante do grupo de cultura popular Céu na Terra já realizou trabalhos em diversas regiões do Brasil. Há 10 anos pesquisa e se relaciona com músicos,artesãos, professores e antropólogos buscando informações sobre a rabeca. Dos trabalhos que fez podemos destacar a turnê com o grupo Ser Tão Teatro da Paraíba em praças publicas das cidades ribeirinhas do rio São Francisco, a participação nas peças “Gonzagão – A lenda”, “Um concerto para o Sol” e o filme “Noite de reis” com Enrique Diaz e Flavio Bauraqui no elenco além das gravações em estúdio com Fabrício Conde e Zé Nogueira. Frequentou as oficinas de musica de Itiberê Zwarg e da Escola portátil de Música, e leva sempre sua rabeca para as rodas de choro no Rio de Janeiro.

Conheça os aúdios e vídeos de Rodrigo Bis através dos links:

Site: http://rodrigobis.wix.com/rodrigobis
http://vimeo.com/user16624403